Vagas refina algoritmo responsável por 5 milhões de recomendações diárias com data analytics

Equipe trabalhando

A Vagas, empresa de tecnologia para recrutamento e seleção que promove encontros de valor entre profissionais e empresas, concluiu a primeira etapa de evolução tecnológica para melhoria da experiência dos usuários com os seus serviços de recomendação de vagas e profissionais. A partir da evolução dos motores de matching que, até então, eram separados e com algoritmos não integrados, a Vagas decidiu desenvolver um mecanismo unificado denominado Motor Único de Matching. Ao mesmo tempo, está promovendo a migração do ambiente Google Cloud para o da nuvem da AWS e definiu construir um data lake com as informações de candidatos, de vagas e empresas na plataforma da Amazon.

Com apoio das equipes da e-Core e da Solvimm (adquirida pela e-Core em abril de 2022), a Vagas superou quatro desafios em sua evolução tecnológica:

image 33

1. Ingestão de dados do Data Lake AWS e no Amazon OpenSearch Service

image 32

2. Arquitetura de processamentos de dados (o próprio data lake)

image 31

3. Processamento do score no OpenSearch com a criação de APIs (Interface de Programação de Aplicação) para processar os dados e os algoritmos

image 30

4. Diminuição de custos com infraestrutura otimizada

Com apoio das equipes da e-Core e da Solvimm (adquirida pela e-Core em abril de 2022), a Vagas superou quatro desafios em sua evolução tecnológica:

Qualidade aprimorada

Ao desenvolver o Motor Único de Matching, a equipe da Vagas criou uma nova solução digital e unificada para recomendação tanto de empresas para profissionais, quanto de profissionais para empresas. Por meio desta solução, a Vagas atingiu maior precisão nas contratações e ofertas, melhorando a gestão de pessoas e os resultados.

Assim, o Motor Único contém duas APIs: uma delas para recomendar os profissionais para empresas e, a outra, empresas para os profissionais. A Vagas simplificou bastante esse processo e o remodelou em uma arquitetura que se propõe ser mais escalável. A escolha foi para a arquitetura do Data Lake na nuvem da AWS, operando de forma mais precisa e utilizando os recursos de matching nessa plataforma.

A API de recomendações às empresas está em uso desde outubro de 2022. Agora, as equipes de desenvolvimento estão finalizando a API para os candidatos, que entrará em produção no último trimestre de 2022.

“As APIs são extremamente importantes para o negócio da Vagas, pois aprimoramos a qualidade das informações fornecidas às empresas que pedem por profissionais e aos candidatos que buscam oportunidades nelas. Dessa forma, fazemos uma boa recomendação nas duas vias, e isto está bem alinhado com o core do nosso negócio”

Samuel de Medeiros Queiroz

Head de Tecnologia da Vagas

Captura de Tela 2022 12 27 às 5.59 1

Recomendações consistentes

A Vagas conta com mais de 400 mil visitas diárias em seu site, movimenta mais de 5 milhões de candidaturas por mês por meio do Vagas.com, gerou além de 140 mil vagas em seu software de recrutamento e seleção em um ano e possui mais de 2 mil empresas clientes e mais de 23 milhões de profissionais cadastrados. Ao desenvolver seu novo sistema de matching, proporcionando mais acesso e agilidade nos processos de emprego, a empresa registrou por mês 11 mil processos seletivos que representam 72 mil posições, com uma média de 300 candidaturas por processo seletivo, além de 150 milhões de recomendações mensais de vagas para os profissionais e os recrutadores.

Vagas em números

0 mil
visitas diárias
0 milhões
candidatura/mês
0 mil
vagas
0 mil
empresas clientes
0 mi
profissionais cadastrados
0 mil
processos seletivos
0 mil
posições
0 mi
recomendações mensais

“Para empresas e recrutadores, fornecemos recomendações consistentes de profissionais. Já no momento da abertura do processo seletivo, nossa inteligência artificial fornece de imediato uma série de recomendações de profissionais aderentes às suas vagas”

Samuel de Medeiros Queiroz

Head de Tecnologia da Vagas

Captura de Tela 2022 12 27 às 5.59 1

Além disso, Queiroz informa que há recomendações inteligentes de vagas que são feitas também por e-mail, para os profissionais. Deste modo, todos os serviços de recomendações serão conectados ao Motor Único que, como o próprio nome diz, é um local unificado que estará concluído com esta segunda API ainda neste segundo semestre.

A equipe da Vagas trabalha neste momento com apoio da e-Core na migração para o Data Lake da AWS para a gestão de dados. Neste repositório centralizado, a Vagas poderá realizar uma curadoria com segurança de todos os seus dados armazenados – milhões de vagas e profissionais –, tanto em sua forma original quanto preparados para análise.

“Contamos com as competências de integração e preparação de dados do nosso parceiro estratégico, a e-Core, para mover e consolidar os dados na plataforma da AWS”, afirma Queiroz.

Assim, com o Motor Único e com o Data Lake da AWS, a Vagas realizará ainda outras melhorias no fluxo das informações oferecidas aos clientes, bem como no recente serviço chamado Filtragem Colaborativa. Nessa filtragem, a solução aprimora outro tipo de triagem baseado em perfis procurados, em oportunidades que os profissionais estão avaliando, e também no comportamento de ambos, profissionais e empresas, durante a navegação no site, possibilitando que a Vagas direcione de forma ainda mais aprimorada a recomendação de acordo com o que realmente ambos os lados estão buscando. As tecnologias de Machine Learning e Inteligência Artificial estão por trás dessas melhorias e das futuras.

Este é somente o primeiro passo da evolução tecnológica que a Vagas está promovendo em seus serviços e plataformas visando cada vez mais qualidade do matching de recomendações e a melhoria da experiência do cliente.

Compartilhe esse conteúdo

Facebook
LinkedIn

e-Core

Somos um parceiro de tecnologia para inovação e transformação digital. Fale com um de nossos consultores e saiba como podemos ajudar você a evoluir o seu negócio.