Thumbnail Image
Blog

4 dicas para criar valores que impulsionam a cultura organizacional

Estabelecer valores institucionais bem definidos e genuínos é indispensável para fortalecer a cultura em uma organização.

Entenda a importância disso e confira dicas para promover o DNA da sua empresa com qualidade e coerência para colaboradores, potenciais candidatos, clientes e parceiros. 

Ter valores corporativos que se desdobram em todos os níveis da organização não é tarefa fácil, mas contribui fortemente para tomadas de decisão coerentes e práticas de gestão de pessoas sólidas. Sem falar no aumento de profissionais engajados com a cultura e o propósito da empresa.

Além disso, à medida em que a competição por talentos aumenta, os valores e a forma como estão presentes na cultura de uma organização se tornaram aspectos importantíssimos. Inclusive, são considerados um diferencial competitivo na hora de um candidato escolher entre um emprego e outro.

É por esse motivo que os valores (o DNA da organização) devem ser bem definidos e conectados a um propósito. Assim, será possível atrair pessoas que têm “fit cultural” com a empresa e estabelecer relações de longo prazo com colaboradores, clientes e parceiros.

Continue a leitura para saber mais e conferir dicas para promover os valores com qualidade e coerência para o seu público. 

Valores organizacionais: definição e princípios

Em essência, os valores de uma empresa são as filosofias e princípios que orientam as relações, as tomadas de decisão e os negócios em geral. Eles influenciam a experiência dos colaboradores no dia a dia e o relacionamento com clientes e parceiros. 

Para guiar decisões corporativas e diferenciar uma empresa de concorrentes, é preciso ter os valores em mente e bem definidos. No entanto, isso não significa somente montar uma suposta imagem positiva sem, de fato, agregar valor às pessoas. 

Não espere que os colaboradores sigam os valores da empresa se você não colocá-los em prática e integrá-los ao dia a dia da organização. A única maneira de criar confiança no ambiente de trabalho e promover os valores é dar o exemplo e honrar verdadeiramente tais princípios em tudo o que se faz.

4 dicas para definir os valores da sua organização 

Desde a fundação da empresa, buscamos construir um ambiente de trabalho transparente e inspirador. Contudo, nos primeiros anos da e-Core, por mais que nossos valores não estivessem “no papel”, se mostravam presentes no modo colaborativo de trabalho e nos pensamentos e crenças dos fundadores da empresa.

Alguns anos depois da fundação, passamos a utilizar frases para explicar quais eram nossos princípios. Esse formato funcionou por um tempo, especialmente quando o nosso time era menor. Porém, com o crescimento da empresa, percebemos a necessidade de reformular a maneira como os valores eram comunicados às equipes, de modo que estivessem ainda mais vivos.

Nosso objetivo era que se tornassem princípios mais fáceis de assimilar e vivenciar na prática, com mais visibilidade e presença em todas as experiências, iniciativas e decisões da empresa. 

Confira as 4 dicas a seguir e entenda aspectos que nos ajudaram a fazer isso na prática.

Seja autêntico

Os valores devem respeitar o passado da empresa, viver no presente e ter um olhar no futuro. A cultura que construímos até aqui é o que nos leva ao próximo passo. Embora pareça óbvio, muitas organizações se concentram apenas no tipo de empresa que querem ser e não nos valores que já incorporam. 

Seja autêntico e implemente valores que vão ao encontro do DNA da empresa e que realmente possam ser vivenciados na prática pelas pessoas. Dessa forma, será possível manter a coerência e obter diferencial competitivo.

Pense na estratégia

É preciso ter visão para desenvolver valores que levarão a empresa adiante, mantendo-se fiel às suas raízes. É por isso que o processo de criação de valores deve contar com o apoio do CEO, fundadores que ainda estejam na empresa e um pequeno grupo de integrantes da sua equipe de liderança. 

Criar valores corporativos é uma iniciativa estratégica, porque são princípios que irão direcionar como sua empresa opera em todos os níveis. É por isso que os tomadores de decisão estratégicos devem liderar esse processo.

Crie espaço para reflexão 

Não espere definir os valores corporativos em uma reunião. O desenvolvimento desse processo exigirá espaço para reflexão de todas as partes interessadas. 

Realize reuniões de alinhamentos e brainstorming com as equipes de liderança, RH e marketing para refinar os valores da empresa em algumas semanas. Também pode ser interessante engajar colaboradores de diferentes áreas para trazer novas perspectivas ao projeto.

Integre valores e processos 

Digamos que você tenha definido os valores da empresa. E agora? Para fazer a diferença na cultura da organização, os valores precisam ser integrados a todos os processos relacionados aos colaboradores: métodos de contratação, programas para gestão de desempenho, critérios para promoções e recompensas e políticas da empresa.

Desde a primeira entrevista até o último dia de trabalho, os colaboradores devem ser lembrados constantemente de que os valores institucionais formam a base de todas as decisões que a empresa toma. 

Nossos valores

Existe cultura melhor ou pior que a outra? A resposta é não. Não há cultura certa ou errada, e não seria diferente com a gente. O fato é que nossos valores são claramente definidos por princípios e um propósito que nos acompanha desde os primeiros anos da operação.

Acreditamos que, assim, estamos no caminho certo para construir uma cultura organizacional cada vez mais autêntica e inspiradora, além de cumprir com nosso propósito de empoderar mentes para fazer a entrega de tecnologia acontecer.