Artigos

A cloud oferece um universo de possibilidades em inovação para os negócios, ainda mais quando se trata de reduzir custos operacionais. Entretanto, migrar para serviços de cloud não é, nem nunca foi suficiente. 

Se a empresa quer realmente economizar e assegurar a eficiência da infraestrutura, é preciso investir na modernização cloud.

Mas como, exatamente, funciona essa modernização? E mais, será que é mesmo verdade que uma empresa pode perder dinheiro com um cloud server? 

Para esclarecer essas dúvidas de uma vez por todas, preparamos esse post explicando quais são os principais erros ao migrar para a computação em nuvem,  como funciona a modernização da arquitetura cloud e quais são os benefícios de adotar essa estratégia.

Migrou para a cloud para economizar e isso não aconteceu?

Quando uma empresa decide investir em serviços de cloud é porque realmente quer aumentar a agilidade da equipe e flexibilizar seus processos. E, claro, reduzir os custos operacionais. 

Então, imagine a preocupação do gestor ao perceber que, além de não conseguir diminuir os gastos, não consegue enxergar valor naquilo que traria maiores chances de inovação. 

Os questionamentos e as preocupações começam a surgir uma atrás da outra. Primeiro porque não sabe onde está o erro, e segundo porque não consegue solucionar algo que, a princípio, não deveria ser um problema. 

Um equívoco que muitas empresas cometem ao migrar para a computação em nuvem é escolher o método Rehosting, também chamado de ‘lift-and-shift’ ou ‘as-is’, na hora de fazer uma migração.

Mas o que a escolha do Rehosting tem a ver com a empresa perder dinheiro com cloud? 

O Rehosting consiste em realocar toda a infraestrutura já existente da empresa dentro da nuvem. Esse método pode até ser considerado uma boa opção quando o assunto é migração para cloud porque proporciona mais agilidade.

No entanto, existe um ‘pequeno’ problema ao utilizá-lo: a abordagem é a que menos aproveita os recursos em nuvem e, por conta disso, torna a migração para a cloud mais onerosa a longo prazo. Neste caso, a empresa também acaba perdendo eficiência operacional. E esse prejuízo pode resultar na necessidade de alterações no projeto e até novos investimentos.

Grande parte das empresas recorrem ao método Rehosting. Então, é comum muitos gestores se frustrarem ao longo do tempo. Contudo, a boa notícia é que a modernização cloud pode ajudar a solucionar esse erro. 

Como funciona a modernização cloud?

A modernização cloud nada mais é do que uma estratégia para aprimorar os ambientes e as aplicações na nuvem. Envolve melhorar controles e desempenho da rede, identificar pontos que podem ser automatizados, verificar as ferramentas já utilizadas pela equipe e até mudar a cultura organizacional.

Geralmente, o ideal no processo de modernização é a empresa investir em soluções que possuem inteligência artificial ou que possuem tecnologia machine learning. Ao fazer isso, consegue reduzir a complexidade da nuvem, bem como proteger a equipe e melhorar a arquitetura cloud.

Abaixo, separamos algumas soluções que podem ser úteis nessa estratégia. Confira!

1- APIs

APIs, também conhecida por Application Programming Interface (Interface de Programação de Aplicativos), são ferramentas que possibilitam a integração de novas aplicações dentro do cloud server.

A vantagem das APIs, nesse caso, é que a empresa não precisa depender de um desenvolvedor para criar e instalar recursos para reduzir o volume de dados ou melhorar a performance da nuvem. 

2- Integração via Restful 

Restful é o serviço que adota a arquitetura REST (Representational State Transfer), que possibilita aos sistemas na nuvem se comunicarem entre si usando princípios existentes da Web como, por exemplo, o HTTP. Ele é um cumprimento de regras para que a arquitetura se comporte como uma API. A vantagem, aqui, é que a cloud passa a funcionar com novas aplicações sem requerer protocolos mais sofisticados.

3- Microsserviços 

Os microsserviços funcionam como blocos menores de processamento. A empresa pode, portanto, usar esses blocos para que os sistemas se comuniquem normalmente com protocolos mais leves, ampliando assim a disponibilidade dos serviços de cloud.

4- Serverless

Serverless é um modelo de desenvolvimento que dá autonomia para as aplicações em nuvem funcionarem sem o gerenciamento de servidores. O interessante de aplicar esse método na modernização cloud é que a empresa garante benefícios como maior disponibilidade da nuvem, redução de gastos e tolerância a falhas. 

Benefícios da modernização cloud

O principal benefício da modernização é, sem dúvida, o aumento da eficiência na execução das tarefas. No entanto, a aplicação dessa estratégia pode ajudar uma empresa de outras formas como, por exemplo, melhorando a experiência dos seus colaboradores e trazendo mais retorno sobre o investimento.  

Quanto à questão dos custos, eles são melhor aproveitados. A empresa deixa de investir em infraestrutura e hardware, por exemplo, podendo direcionar esses recursos para melhorar a tomada de decisão. E não necessariamente para mantê-lo funcionando. 

Caso precise escalar a capacidade, a empresa também consegue fazer isso sem preocupações. Afinal, não precisa pensar na compra de mais servidores e nem com a sua manutenção.

Além de aumentar a eficiência na execução das tarefas e ajudar na experiência dos colaboradores e aproveitar melhor o investimento, a modernização cloud também consegue aprimorar as ferramentas utilizadas para o trabalho. Isso sem dizer de aumentar a competitividade da empresa perante as concorrentes.

Contar com uma infraestrutura mais moderna na nuvem também impulsiona o alcance das metas organizacionais, já que as equipes conseguem criar, testar, monitorar e colocar em prática as aplicações com mais rapidez.

Importância de contar com parceiros na modernização cloud

Como falamos acima, a cloud oferece um universo de possibilidades em inovação. A questão é que, para conseguir surfar nesse mundo de forma realmente efetiva e econômica, é preciso investir em modernização. E, como vimos há pouco, o processo pode ser um pouco complexo..

Contudo, as coisas não precisam ser tão difíceis quanto parecem. E a sua empresa pode contar com parceiros que já possuem experiência em aplicações em cloud

Com esse apoio, é possível otimizar todo o processo de modernização da nuvem. Inclusive, evitar que erros ou falhas humanas voltem a prejudicar os serviços de cloud.

Já se sente preparado para modernizar o cloud server, reduzir os custos e melhorar o desempenho da sua infraestrutura na nuvem? 

Se você gostou desse conteúdo, continue lendo o nosso blog para ficar por dentro de todas as novidades relacionadas à tecnologia, negócios e transformação digital! 

Tópicos: Cloud